VIRE A CHAVE! JÁ FEZ SEU PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO?

É oficial: viramos a chavinha para 2020. Com a chegada do novo ano, muitas coisas novas que planejamos por diversas vezes em anos anteriores estão, mais uma vez, dentro do projeto 2020. E dessa vez elas precisam sair do papel.

Quem tem empresa sabe como o início de ano é uma época normalmente onerosa para o negócio. É o período do ano em que o empreendedor mais tem gastos com a questão tributária. Além dos gastos de pessoa física, há muitos de pessoa jurídica que são importantes para a manutenção legal da empresa.

Por algumas vezes, falamos aqui no blog sobre a importância de se ter um planejamento tributário, não somente visando o início de cada ano para que seu negócio não caia na malha fina, mas também um planejamento que lhe sirva de suporte para todo o ano. Não à toa, sempre destacamos a importância de se contar com um suporte profissional na área contábil, sendo um setor terceirizado ou um setor específico dentro de sua própria empresa, caso seu caixa permita.

Ter um planejamento tributário ativo e minucioso significa, além de estar em dia com a Receita Federal, uma boa economia durante o ano. Explicamos: se toda a parte contábil for realizada de maneira correta durante os meses do ano, a probabilidade de seu negócio ter um gasto inesperado com multas ou punições por parte do fisco é irrisória.

TIPOS DE PLANEJAMENTO

Há algumas questões básicas sobre planejamento tributário que precisamos falar antes de partirmos para os tópicos mais específicos. Antes de tudo, é importante acabar com o mito de que este planejamento é algo totalmente não acessível a pequenos empreendedores.

O planejamento tributário se trata da gestão do pagamento de tributos da empresa e o estudo das melhores maneiras de reduzir legalmente a carga tributária do seu negócio. É exatamente o que falamos há alguns parágrafos: gera economia para a sua empresa, por mais que pareça irônico!

Há quatro tipos clássicos de planejamento tributário que o empreendedor pode seguir. Por isso, é muito importante ter um acompanhamento profissional para saber qual o modelo de planejamento é o mais indicado para a sua empresa.

O blog Makrosystem destacou os quatro de maneira bem didática e de fácil entendimento, uma vez que é muito importante que, mesmo que você tenha um setor contábil que atenda sua empresa nas questões fiscais, você também precisa ter um pouco de discernimento sobre o assunto.

1º) Planejamento estratégico: se baseia em um que é o estudo do quadro mais conveniente a enquadrar a sua empresa.

2º) planejamento operacional: que é o modelo básico, onde você inclui na sua rotina de trabalha diária suas obrigações contábeis. Saiba como eles podem contribuir para sua empresa.

3º) planejamento corretivo: esse modelo é adotado quando se detecta algo fora do padrão, necessitando da busca de alterativas para suas correções. Sabe a história do “antes prevenir do que remediar”? É a mesma história. O planejamento corretivo deve ser seguido em caso de extrema necessidade, mas é algo totalmente evitável no início do seu planejamento.

4º) planejamento especial: é o planejamento que precisa ser prioritário no momento de expansão do seu negócio. No momento em que você resolve fazer uma fusão de empresas, abrir uma filial/franquia ou lançar produtos novos no mercado, você precisa adotar o planejamento especial. Ou seja: em oportunidades que sua empresa é impactada de forma contundente, este tipo de planejamento tributário é o ideal.

Vou gastar e economizar ao mesmo tempo?

Pois é. Como dissemos, parece irônico quando falamos que, ao pagar corretamente em dia seus impostos você estará economizando. Mas é justamente este o objetivo principal do planejamento tributário: diminuir as despesas do seu negócio.

Pare para pensar da seguinte forma: de uma maneira ou de outra você será obrigado a arcar com estes tributos durante o ano, correto? A questão principal é fazê-los da maneira certa e no prazo estipulado pela receita para que não haja nenhum cargo a mais para você gastar até o fim do ano. O planejamento tributário é essencial para que você cumpra os prazos e não precise contar com nenhum acréscimo de multas ou penalidades pela falta de pagamento.

Aliás, o empreendedor que mantém a adimplência no pagamento de impostos pode usufruir de benefícios no futuro.

FIQUE DE OLHO

Alguns macetes podem ser interessantes na hora de você pesquisar bem sobre os tributos e o valor que você deve pagar à Receita Federal. É aquela história: o não você já tem. Então, é fundamental que você avalie as leis municipais de onde seu negócio está instalado.

Muitas prefeituras no país possuem um modelo de incentivo fiscal para buscar mais investimentos e aberturas de empresas para os municípios, gerando renda para a população e, o mais importante, vagas de emprego para os residentes locais.

E muitas dessas prefeituras deles têm como público-alvo microempreendedores e empresas de pequeno/médio porte, por entenderem que o crescimento destas empresas pode significar um aumento de giro de renda e empregabilidade na região.

Pesquise bem, fique de olho junto à sua assessoria contábil sobre os benefícios que sua cidade ou estado podem estar oferecendo para estilos de negócios e empresas como a sua. Toda economia a mais é bem-vinda, não é mesmo?

A Makrosystem te ajuda!

A Makrosystem ajuda diariamente contadores do norte ao sul do Brasil com um sistema de gestão contábil e tributário completo e online. Você vai poder ficar sempre conectado com as mudanças da legislação com um sistema web ideal para sua empresa. Quer saber mais? Acesse o nosso site e converse com um de nossos especialistas!

About Makrosystem

Com mais de 24 anos de história, a Makrosystem é especializada no desenvolvimento de sistema contábil para empresas e escritórios de contabilidade. Através de tecnologia de ponta, leva a seus clientes soluções inteligentes, que facilitam o trabalho e aumentam a produtividade em rotinas contábeis. Visite o nosso site e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *